11 de abril de 2012

Pai rico, pai pobre



Não sei bem de que ano é, já tinha ouvido falar, mas como não é habitual
comprar este género de livros, passou-me completamente ao lado,
até descobrir o bemdito e passar uma noite inteira a devorá-lo.
De fácil leitura, estimulante e provocador, faz-nos pensar
e de certa forma, encoraja-nos a querermos mais, a sermos mais criativos,
mais empreendedores e a desenvolvermos uma inteligência financeira,
que segundo o autor, deve ser estimulada desde tenra idade.
Revi-me em muita coisa e apesar da nossa realidade ser outra,
porque este autor vive nos EUA, a verdade é que há muita aprendizagem
neste livro e que o que absorvemos, instiga-nos a ser melhores.

Há um ditado que diz que não se podem ensinar truques novos
a um cachorro velho, mas se você ainda é novo e se é pai ou mãe,
aconselho vivamente a ler o livro, porque de facto, é uma mais valia.